Comissão Técnica

lurdes duarte

Lurdes Duarte

Formada em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, efetuou a dissertação de mestrado sob o tema “Reabilitação Sustentável de Edifícios Industriais – Estratégias de Design Bioclimático para o complexo de Miraflor”. Desde 1980, exerce as funções de Chefe de Departamento do Gabinete Técnico de Obras da Direção de Logística e Tecnologias, onde teve participação no projeto de implementação de uma fachada fotovoltaica no edifício “E” da Carris e foi responsável por dezenas de outros projetos  quer trabalhando por conta própria, quer através das funções desempenhadas na Direçao de Logistica e Tecnologias.

andreiasalgueiro

Andreia Salgueiro

Engenheira Técnica de Ambiente licenciada pelo Instituto Politécnico de Castelo Branco com mestrado em Energia e Bioenergia da Universidade Nova de Lisboa, iniciou a sua atividade profissional no então Departamento de Ciência do Solo da Estação Agronómica Nacional, onde realizou a sua dissertação de licenciatura sobre os efeitos da aplicação de lamas residuais urbanas com excesso de cobre, no solo, vegetação, águas superficiais, animais e homem. Deste trabalho surgiram diversas publicações sobre a temática. Após o desenvolvimento deste trabalho enveredou pela área de energia, fazendo parte de projetos de viabilidade técnica e económica de micro cogeração e cogeração, tendo também participado em projetos relacionados com as tecnologias de gaseificação de biomassa e valorização de óleos vegetais alimentares. Após esta passagem iniciou trabalho na área da Energia Solar Térmica, já detentora do curso de projetista de sistemas solares térmicos do ISQ, onde efetuava também pareceres relativos a questões de eficiência energética no setor residencial, até que em Abril de 2009 integrou como bolseira o Laboratório Nacional de Energia e Geologia, onde desenvolve trabalho na área da consultoria a sistemas solares térmicos e se encontra envolvida nas questões políticas e medidas governamentais de apoio à utilização de sistemas solares térmicos. No seu percurso com bolseira efetuou ainda o módulo de formação de Perito Qualificado de RCCTE. Na conclusão do seu mestrado tentou de forma integrada abordar várias vertentes das áreas de trabalho que vem desenvolvendo, estudando a contribuição de um sistema solar térmico para aquecimento ambiente no Edifício Solar XXI sob a perspetiva NZEB. Em Julho de 2011, complementarmente à sua atividade de bolseira, iniciou atividade formativa em alguns módulos da Pós Graduação em Energias Renováveis da TÜV Rheinland em Portugal.

jpescada image

Joaquim Pescada

Licenciado em Ciências Sócio Militares pela Academia Militar e em Engenharia de Máquinas Marítimas pela Escola Náutica Infante D.Henrique. Possui formação profissional complementar de Projetista de Energia Solar, de Formação de Formadores de Energia Solar e de Instalador de Energia Solar, contando com uma vasta experiência profissional nas seguintes empresas: REPSOL Portugal, como Chefe Regional de Vendas Sénior de GPL, na Port Netilus como Diretor Geral, na CEPSA como Chefe de Negócio Nacional de GPL, na Ao Sol, Energias Renováveis, SA nas funções de Diretor Comercial e na Sonnenkraft como General Manager. No Instituto de Tecnologias Naúticas , é formador na área das Tecnologias de Comando e Sistemas Digitais; na Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã-CCILA também é formador em Gestão de Energia, Orgãos de Máquinas e Tecnologia Mecânica. No ISQ, também conta com funções de formador, nas áreas de destaque de Gestão Energética, Projetista de Energia Solar, Supervisor de Energia Solar, Avaliação Energética de Edifícios e Avaliação da Qualidade do Ar Interior. Também é Consultor Externo do ISQ nas áreas das energias e responsável por auditorias energéticas em empresas externas.

susana lucas pb

Susana Lucas

Licenciada em Engenharia Química (FCT/UNL) e Engenharia Civil (ISEL), Doutorada em Engenharia Química (FCT/UNL) . Efetuou o mestrado en Eng.ª Sanitária (FCT/UNL) e pós-graduação em Engenharia Municipal e Sanitária (UC). Efetuou os Estudos Avançados em Arquitetura Bioclimática, Restauro e Manutenção do Edificado (FA/UTL). A sua carreira profissional durante 12 anos foi na área das ETAR tanto de projeto, acompanhamento de obra, exploração, tendo estado ligada a diversas empresas tanto de projeto, fiscalização, empreiteiro e dono de obra. Nos últimos 3 anos tem lecionado na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do Instituto Politécnico de Setubal diversas unidades curriculares das quais se destaca e onde é responsável: Construção Sustentável e Inovação Tecnológica, Obras Hidráulicas e Saneamento Ambiental e Redes Prediais. É coordenadora da Licenciatura em Gestão da Construção e Responsável pelo Gabinete de Conhecimento e Desenvolvimento. Atualmente encontra-se a desenvolver os estudos para o segundo Doutoramento (UA) em Gestão da Sustentabilidade em Estruturas Desportivas - O Caso dos Estádios de Futeboll e é Assessora para o Sistema de Certificação da Sustentabilidade, LiderA.

joana mourao 1

Joana Mourão

Arquiteta, Pós-Graduada e Doutoranda em Urbanismo na área de especialização de Planeamento Urbano de Baixo Carbono. É Membro da Ordem dos Arquitetos. Começou a sua atividade de investigadora como estagiária no Núcleo de Arquitetura e Urbanismo do Laboratório Nacional de Engenharia Civil com o projeto de investigação “Habitação para o Futuro. Novas exigências da sociedade da ecologia e da informação” com a Elaboração do Estudo “Sustentabilidade ambiental da habitação e áreas residenciais”, e posteriormente com a tese de doutoramento “Planeamento do Metabolismo Urbano”. Tem sido colaboradora de alguns ateliês com alguns projectos: a elaboração do Regulamento de Construção Ecológica para o empreendimento “CostaTerra” da Herdade das Fontainhas em Grândola, em projetos de arquitetura em terra crua e de bio‐construção e possui a Co-autoria do Projeto e Obra de ampliação das instalações de uma quinta de Agricultura biológica em Azeitão. Tem sido docente convidada na Pós-Graduação em Construção Sustentável da FCT-UNL, na Pós-Graduação em Planeamento e Construção Sustentável da FEUCP, no Doutoramento e Licenciatura em Arquitetura no IST e ISCTE, respetivamente. Iniciou a sua atividade profissional na NEMUS, Gestão e Requalificação Ambiental na Coordenação de trabalhos de arquitetura e de ordenamento do território e colaboração em estudos de impacte ambiental, tais como, a Requalificação da nova frente de Mar da cidade de Albufeira, no âmbito do Programa Polis (projeto de arquitetura de 6 apoios de praia e consolidação das arribas), na proposta de arquitetura para sistema de transportes mecânicos integrado para a Aroeira‐Fonte da Telha para CostaPolis e Silaroeira (simulação da alternativa de escadas mecânicas) e o do núcleo piscatório da Entrada da Barca (Zambujeira do Mar) e no levantamento das (auto) construções, inquérito à população e estudo de tipologia para apoio de pesca. Posteriormente esteve na RISCO, S.A., colaborando no Projeto Urbano “Fare Centro a ROMANINA”, Itália com o estudo de Eficiência Energética e Sustentabilidade ambiental urbana; Regulamento Urbanístico; Plano de Pormenor e no Oceanário da Madeira com o Estudo de integração de tecnologias de energias renováveis. Até à data, coordena a PLURBE-Plataforma de Urbanismo Ecológico, responsável pelo Plano de Requalificação e Reconversão do Núcleo Edificado da Entrada da Barca (Zambujeira do Mar), no âmbito do Plano de Ordenamento da UOPG 3 do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (com Nemus, Gestão e Requalificação Ambiental) e atualmente pela atualização de projeto de execução e licenciamento dos novos restaurantes de praia de Albufeira, no âmbito do Plano de Urbanização da Frente de Mar da Cidade de Albufeira, Sociedade Polis Albufeira (com Nemus, Gestão e Requalificação Ambiental).

foto Manuel Carvalhosa PB

Manuel Carvalhosa

Licenciado em Arquitetura, pela Universidade Lusíada. Inscrito na Ordem dos Arquitectos com o nº 5871. Membro da comissão instaladora do Colégio de Especialidade de Gestão, Direção e Fiscalização de Obras da Ordem dos Arquitetos. Foi colaborador em vários atelier's, tais como o Arq.º Nunes de Almeida e do Arq.º Arsénio Cordeiro entre 1989 e 1996. De Março de 1996 a Outubro de 1999 trabalhou no Grupo Vidago Melgaço e Pedras Salgadas, onde foi, responsável pelo Gabinete Técnico, pela fiscalização e controlo financeiro das obras realizadas e coordenação da manutenção dos Parques Termais de Vidago, Melgaço e Pedras Salgadas, incluindo todos os edifícios, unidades hoteleiras e apoio, a nível de construção civil, às unidades industriais. De Novembro de 1999 a Julho de 2001, trabalhou no Coperfil Group SA (que deu origem ao Vircop - Capital), na conceção, fabrico e construção de edifícios metálicos, tendo sido Diretor Geral da Delegação de Lisboa. Em 2001 especializou-se em Qualidade e Controlo de Obras de Construção Civil pela Universidade Lusíada. Um ano mais tarde criou a empresa Farmhouse Carvalhosa – Arquitectura e Construção, Lda (FCarq), da qual é sócio gerente. Tirou o Curso de Formação Sobre Ruído, pela Universidade do Algarve em 2004. Exerce a atividade como formador desde 2006, na área da arquitetura nomeadamente em arquitetura bioclimática, térmica de edifícios, segurança na construção, segurança contra incêndios e fiscalização, colaborando em diversas instituições de ensino e formação profissional. Desde 2005 participa em auditorias da qualidade, sendo Quality-Auditor, Certificado, pela TÜV Rheinland Portugal. Está credenciado desde 2007como Perito Qualificado e Formador de peritos qualificados do Sistema de Certificação Energética de Edifícios – RCCTE – PQ00189. Desde 2010 é assessor do Sistema LiderA – Certificação da Construção Sustentável. Em 2010 tirou o Curso de Certificação de Profissionais de Certificação e Medição CMVM, pela EVO – Eficiency Valuation Organization.

Nuno Fonseca Bucho PB

Nuno Bucho

Licenciado em Engenharia Civil – Ramo de estruturas, pelo Instituto Superior Técnico. Tirou o Mestrado em Gestão de Empresas e um Curso de Finanças para não Financeiros do Overgest, no ISCTE. É Pós-graduado em Qualidade no Projeto de Estruturas, e posteriormente em Energias Renováveis, na TUV obtendo conhecimentos em Solar Térmico, Fotovoltaico, Biomassa, Energia Eólica e Arquitetura Bioclimática. Iniciou a sua atividade na SOCONSTROI em 1990 com a obra Mesquita de Lisboa, propriedade da Comunidade Islâmica de Lisboa, onde desempenhava funções de adjunto do Diretor de Obra. Em Setembro de 1992 iniciou a sua colaboração na obra Ford/Volkswagen em Palmela, como Diretor de Obra nas Dado Walls. Um ano mais tarde integrou o consórcio da CERVISSOC, constituído pelas empresas Carlos Eduardo Rodrigues e por a SOCONSTROI, exercendo funções na área de Gestão. Em 1995 desempenhou funções de Diretor de Obra de uma de quatro zonas por que era composta a obra do Centro Comercial Colombo. Tratava-se de uma obra adjudicada a um consórcio de empresas de nacionalidade Espanhola, nomeadamente a AGROMAN e a FOMENTO DE CONSTRUCIONES Y CONTRATAS. Em Maio de 1996, integrou a empresa SOMAGUE, S.A., onde foi inserido na equipa responsável do troço de auto-estrada A2 de Marateca, Alcácer do Sal, foi ainda responsável por dois viadutos com 270 e 160m de desenvolvimento. A partir de 1998 passou a ser Sócio Gerente da NAGYCONSTROI, acumulando funções de Direcção Geral da Empresa.

JorgeAbelho PB

Jorge Abelho

Licenciado em Arquitetura Paisagista, pelo Instituto Superior de Agronomia, Lisboa. Inscrito na Associação Portuguesa de Arquitetos Paisagistas com o nº 851. Iniciou a atividade em 2005 a título individual, tendo sido autor ou coautor de projetos de integração paisagística de infraestruturas ou de “arranjos de espaços exteriores”. Nesta condição colaborou também na elaboração ou revisão de projetos de arquitetura paisagista e em estudos de impacte ambiental com diversos gabinetes: AGRIPRO Ambiente, Consultores S.A; AMBILAB – Ensaios e Análise Técnicas, Lda, Identidade Paisagem – Arquitetura Paisagista e Consultoria Ambiental, Lda; ARTE TECTóNICA Arquitetura e Desenho, Lda; EPCA – Estudos, Projetos e Consultoria Ambiental, Lda; Manuel Letras Vivas Arquitetura, Unipessoal, Lda.
Autor de estudos sobre as interações entre as servidões militares e aeronáuticas e o ordenamento do território, elaborados no Ex-Instituto Superior de Altos Estudos da Força Aérea e no Centro de Estudos de Arquitetura Paisagista Prof. Francisco Caldeira Cabral.
É militar da Força Aérea desde 1981. Com formação de base na área de recursos humanos, desempenhou diversas funções e integrou diversos grupos de trabalho de que se destacam: Desenho, desenvolvimento, implementação e gestão do Sistema de Informação de Gestão da Área de Pessoal, sendo responsável pela ligação dos utilizadores à área tecnológica, pelo estudo do enquadramento legal da área de pessoal e da sua codificação em tabelas de suporte ao referido SI, pela migração de dados do SI anterior, pelo desenho e atribuição dos perfis de acesso dos utilizadores, pela conceção e execução do plano de formação dos utilizadores e elaboração dos respetivos planos curriculares, implementação e chefia da secção responsável pela sua gestão; comandante de Esquadra de pessoal da Base Aérea Nº 1, Sintra; Consultor interno da Força Aérea para o projeto Sistema Integrado de Gestão do MDN, tendo participado no levantamento dos processos da Área de recursos humanos da Força Aérea e na elaboração do Business Blueprint (BBP) do módulo RH do projeto; Chefe do Gabinete do Comando Operacional da Força Aérea e do Gabinete do Comando da Logística. Desde 2009, desempenha funções na Direção-Geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa do Ministério da Defesa Nacional como técnico-superior da Área Funcional de Qualidade, Ambiente e Normalização.

 

Voltar para o Curso de Especialização em Energia Solar - Brasil

  • son

  • 2

  • 5

  • 6

  • 7

  • 9

  • 10

  • 11

  • 12

  • 13

  • 14

  • 15

  • 16

  • 17

  • 18

  • 19

  • 19

  • 19 

  • 19  

  • 19

  • 19   

  • 19    

  • 19   

  • 19    

  • 19   

  • 19    

  • 19     

  • 19     

  • 19    

  • 19   

  • 19 

  • 19