Apresentação - Arquitectura Bioclimática.PT

Arquitetura Bioclimática é por definição, o desenho dos edifícios adaptando-os eficazmente ao contexto climático local, utilizando para isso todos os recursos naturais disponíveis, tais como sol, vegetação, chuva ou vento, com o intuito de otimizar o conforto ambiental no interior desses mesmos edifícios (climatização, iluminação, acústica, etc.), reduzindo a utilização de meios mecânicos, minimizando os impactos ambientais e os consumos energéticos. Apesar do seu custo de construção poder ser atualmente mais elevado, todo esse investimento pode ser compensado pelo decréscimo de gastos em energia, tornando uma casa bioclimática, sustentável no seu todo.

Um exemplo de arquitetura bioclimática é o caso das casas pintadas de branco no Sul de Portugal, permitindo assim uma maior inércia térmica das paredes, tal como, uma menor absorção da radiação solar.

Actualmente, a construção de um edifício não tem muito em consideração a arquitetura bioclimática. Isto deve-se à existência de uma certa “globalização” dos critérios arquitetónicos existentes hoje em dia e à falta de consciência e respeito ambiental dos países.

 

Voltar à PGES.PT

  • son

  • 2

  • 5

  • 6

  • 7

  • 9

  • 10

  • 11

  • 12

  • 13

  • 14

  • 15

  • 16

  • 17

  • 18

  • 19

  • 19

  • 19 

  • 19  

  • 19

  • 19   

  • 19    

  • 19   

  • 19    

  • 19   

  • 19    

  • 19     

  • 19     

  • 19    

  • 19   

  • 19 

  • 19